Clique no PLAY para leitura automática do texto:

terça-feira, 13 de julho de 2010

Feijoada teve origem no século XIX

20/06/09 - 07h59 - Atualizado em 22/06/09 - 09h17

Feijoada teve origem no século XIX com base em cozido feito por portugueses
Ideia de que a refeição foi criada por escravos não é verdadeira.
Costume de comer às quartas e sábados pode ter vindo de hotéis cariocas.




Foto: Divulgação Feijão preto é cozido junto com pedaços de carne




(Foto: Divulgação)"Mulher / Você vai fritar / Um montão de torresmo pra acompanhar / Arroz branco, farofa e a malagueta / A laranja-bahia ou da seleta / Joga o paio, carne seca, toucinho no caldeirão / E vamos botar água no feijão."

A letra da música "Feijoada Completa", de Chico Buarque de Holanda, dá a receita de um dos pratos mais típicos do país: a mistura de feijão preto, pedaços de carne de porco, arroz, couve e farofa.

A feijoada apareceu por volta do fim do século XIX e logo ganhou a mesa de boa parte da população brasileira, adquirindo depois diversas versões, em diferentes regiões do país. O leitor já deve ter ouvido a história de que sua origem vem dos escravos, que misturavam os restos das carnes dadas pelos senhores com a farofa.

No entanto, os registros históricos contam outra versão. "O mito modernista é de que os escravos foram uma fonte importante da culinária brasileira. Tenho minhas dúvidas pois onde não há liberdade não há desenvolvimento culinário. Eles comiam uma ração, determinada pelos senhores, cujo traço fundamental era ser barato", explicou ao G1 Carlos Alberto Dória, doutor em sociologia e ator de "Formação da Culinária Brasileira", entre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário