Clique no PLAY para leitura automática do texto:

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Vídeo mostra o que ocorre após uma explosão nuclear subterrânea


Vídeo mostra o que ocorre após uma explosão nuclear subterrânea


Existem muitas formas de cavar um enorme buraco, mas nenhuma é tão impressionante quanto detonar uma explosão nuclear subterrânea.


Uma detonação similar acima da terra também faria um belo estrago, mas não seria tão eficiente, já que a energia desprendida seria direcionada para cima. Mas ao enterrar o dispositivo nuclear e detoná-lo, o solo acima do explosivo absorve parte da energia, fazendo com ela se propague para baixo. Com isso, o chão se comprime e entra em colapso imediato. O vídeo abaixo mostra o exato momento em que o chão parece engolir tudo ao redor após a explosão. 

As imagens foram feitas em um local indeterminado dos Estados Unidos. O país, assim como outras nações que possuem armamento nuclear, realiza testes nucleares em áreas isoladas por motivos de segurança. Boa parte das explosões é feita de forma subterrânea para evitar que a radiação se propague pela atmosfera. 

Depressões formadas por essa técnica são chamadas de crateras de assentamento. O Departamento de Energia dos Estados Unidos também costuma usar os buracos que resultam dessas explosões como bunkers para armazenar os mais diversos tipos de materiais. 



Underground nuclear subsidence crater
Cool shot of an underground subsidence crater. The hole created by an underground nuclear explosion forms a hole deep below the surface collapses, resulting in a crater.
If you haven't seen the 70th anniversary version of "Trinity and Beyond yet, check it out at: 




Nuclear Bomb Subsidence Crater Formation
Courtesy: U.S. Department of Energy
Historic underground nuclear test causes the surface to subside which forms a crater - seven such craters 




Fonte: IFLScience 




Nenhum comentário:

Postar um comentário