Clique no PLAY para leitura automática do texto:

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Jogadores de bola e de alma - Futebol

JOGADORES DE BOLA E DE ALMA - Futebol




IMPROVISO COM CARINHO
Tudo bem. Não é uma bola de verdade. Não é feita nem de borracha nem de capotão. É um emaranhado de sacos plásticos presos por fita adesiva e amarrados por um fio. O improviso, porém, qualidade básica de qualquer varzeano, não é motivo para tratar a massa quase redonda com desdém. Tem que ajeitá-la com carinho


PERNAS-DE-PAU
"Tombei, tombei, tornei tombar. A brincadeira já vai começar. " Esse é o hino dessa molecada de Fortaleza. No campinho invadido pela areia, os pernas-de-pau jogam um futebol desengonçado e, quando um cai no chão, leva mais uns quatro junto

DE QUEM É A BOLA?
Não parece um campo. Mas é. Tem dois cavalos, uma bola e dois jogadores uniformizados. Muita calma, porém. Não é uma dupla contra a outra. Os dois (homens) estão perto da grande área, disputando a bola. Essa foto e as coloridas que seguem são de André Kfouri. Foram feitas no Jardim Pantanal, periferia paulistana

NO MEIO DO CAMINHO
No meio do campo tem uma árvore. Tem uma árvore no meio do campo. Um genuíno volante plantado e troncudo. O alecrim-de-campinas, que a prefeitura não deixou derrubar, fica num terreno no Brás, região central de São Paulo

BATE-E-REBATE
canteio. Bola levantada na pequena área. Deus nos acuda. Goleiro, zagueiros e centroavantes com um objetivo só: bater na bola. Uns para tirá-la dali, outros para empurrá-la para dentro da rede. O fotógrafo passou um ano indo ao Jardim Pantanal todos os domingos para flagrar momentos como esse

TRETA FEIA
Tem que ser muito macho para ser juiz de pelada na várzea. Isso porque a galera sabe onde ele mora e quase sempre também conhece a mãe do cara. Tem treta toda hora. "Vi muita briga de ficar com a perna tremendo", diz André Kfouri. Aqui, o motivo da discussão foi uma falta no goleiro. Mas vai apitar isso diante de marmanjos sedentos por gol...

SEM-PULO
Esta foi na praia do Gonzaga, em Santos. E levou horas de treinamento até o jogador ser clicado na exata posição do corrimão no primeiro plano. "Um amigo (que não aparece na foto) cruzava para o outro acertar um sem-pulo", afirma o fotógrafo. "Eles erraram várias vezes antes de eu conseguir a imagem.".

.
.
C=59462
.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário