Clique no PLAY para leitura automática do texto:

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Recordes - CULTURA

RECORDES - CULTURA

O RECORDE DO LIVRO DOS RECORDES

O Guinness World Records, o compêndio dos recordes, detém ele próprio uma marca: é o livro mais vendido no mundo. A Bíblia e o Alcorão podem até vender mais, mas ninguém detém direitos autorais sobre as obras e, por isso, não competem nessa categoria. Desde sua primeira publicação, em 1955, o Guinness vendeu mais de 100 milhões de cópias em mais de 100 países e foi traduzido para 37 línguas.
A idéia de fazer a publicação nasceu de uma discussão entre o então diretor da cervejaria Guinness, sir Hugh Beaver, com amigos que participavam de uma caçada na Irlanda. Seria a tarambola-dourada a ave de caça mais veloz da Europa? Ele percebeu que um livro que respondesse a esse tipo de pergunta teria forte apelo popular. Curiosidades como essa seriam alvos de debates acalorados nos pubs ingleses - regados, é claro, a muita cerveja Guinness. Foi assim que, em 27 de agosto de 1955, foi lançada a primeira edição do The Guinness Book of Records. O livro logo se tornou um best-seller e, mais tarde, passou a chamar-se Guinness World Records.


VOCÊ DE NOVO?

Jack Nicholson, 67 anos, é o campeão em indicações ao Oscar. Desde o começo de sua carreira, foi indicado 12 vezes para receber a estatueta (oito vezes para o prêmio de melhor ator e quatro para o de melhor ator coadjuvante). A primeira indicação foi em 1970, por sua atuação em Sem Destino, filme com que estourou no cinema. Recebeu a estatueta três vezes: por Um Estranho no Ninho (1975), Laços de Ternura (1983) e Melhor, Impossível (1997). Com 60 filmes na carreira, Nicholson é um dos atores mais poderosos de Hollywood. Tem cacife para exigir uma bela participação na bilheteria dos filmes em que atua. Sua filmografia inclui também clássicos como Chinatown (1974), de Roman Polanski, e O Iluminado (1980), de Stanley Kubrick.


SURRUPIOU MAS NÃO LEVOU
O que leva alguém a roubar um quadro tão famoso que é impossível comercializá-lo sem chamar a atenção? Uma hipótese é que o crime seja praticado por colecionadores milionários obcecados em possuir obras-primas de um grande mestre. Outra possível razão é que as obras viram moeda de troca no submundo do crime. Felizmente, não foi esse o destino das 20 pinturas surrupiadas do Museu Van Gogh, em Amsterdã, em 14 de abril de 1991, no maior roubo de obras de arte da história. Os quadros do pintor holandês, avaliados em 500 milhões de dólares, foram encontrados 35 minutos mais tarde num carro abandonado próximo ao museu.

Cerca de um ano antes, em 18 de março de 1990, 11 pinturas de Rembrandt, Degas e Manet, entre outros artistas, foram roubadas do Museu Isabella Stewart Gardner, em Boston, nos Estados Unidos. Avaliadas em 200 milhões de dólares, nunca foram recuperadas.
O roubo de obras de arte é atualmente a terceira atividade criminosa que movimenta mais dinheiro no mundo - atrás apenas do tráfico de drogas e do contrabando de armas.
As 20 obras de arte roubadas do Museu Van Gogh dariam para pagar o salário da top model Gisele Bündchen por cerca de 40 anos


GU-GU-DÁ-DÁ

Ele é o mais jovem cantor de rap da história. Quando tinha apenas 4 anos e meio, em setembro de 1993, o garoto Jordy emplacou a música "Dur Dur d’être bébé" (Duro, duro ser bebê) em primeiro lugar nas paradas de sucesso da França. A idéia de transformar Jordy em celebridade veio de seu pai, o DJ Claude Lemoine, que usou os balbucios do garoto numa música que mistura rap com batida house. Logo a música explodiu também no restante da Europa e nos Estados Unidos, onde entrou na lista das mais tocadas da Billboard. Até o Brasil entrou na onda.


.
.
C=57162
.
.

Beatles forever - Recorde de vendas - CULTURA

BEATLES FOREVER - Recorde de Vendas - CULTURA



Eles venderam mais discos e fitas do que qualquer outra banda na história: 1 bilhão, num planeta que tem hoje pouco mais de 6 bilhões de habitantes. Foram descobertos há mais de 40 anos e continuam nas paradas de sucesso. Dizem até que são mais famosos que Jesus Cristo. São eles: os Beatles, o quarteto de Liverpool que conquistou o mundo inteiro com seu Yeah, Yeah, Yeah.

John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr fazem sucesso mesmo entre os netos da primeira geração de fãs. A maioria dos compradores do disco 1 - coletânea de 27 canções que atingiram o primeiro lugar nas paradas de sucesso na Inglaterra e nos Estados Unidos - tinha menos de 20 anos. O CD entrou no Guinness como o disco que mais rápido sumiu das lojas. Lançado em 13 de novembro de 2000, vendeu no primeiro mês 13,5 milhões de cópias em todo o mundo - 3,6 milhões só no primeiro dia. Alcançou o primeiro lugar em 35 países, ganhando pelo menos 100 discos de platina no mundo.
E os recordes da beatlemania não param por aí. Os Beatles são a banda que tem o maior número de álbuns no topo da parada de sucesso dos Estados Unidos: 19, mais que o dobro do americano Elvis Presley e dos ingleses Rolling Stones, que tiveram nove álbuns cada em primeiro lugar. No Reino Unido, até hoje nenhum álbum vendeu mais do que o Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band: 4,5 milhões desde seu lançamento, em junho de 1967.

quarta-feira, 29 de junho de 2011

A Mão de Alá - Kareem Abdul-Jabbar

A MÃO DE ALÁ - Kareem Abdul-Jabbar



O maior cestinha da história da NBA (Liga Norte-Americana de Basquete) é o americano Kareem Abdul-Jabbar, que marcou 38 387 pontos em pouco mais de 20 anos de carreira. Foram 15 837 cestas de dois pontos em jogos regulares, mais 5 762 pontos e 2 356 cestas de dois pontos em play-offs. No total, fez 46 725 pontos na carreira.

Kareem nasceu com o nome de Lew Alcindor, em 16 de abril de 1947, na cidade de Nova York. Em 1971, seguindo o exemplo de outro ídolo negro americano, o boxeador Muhammad Ali (que antes se chamava Cassius Clay), converteu-se ao islamismo e trocou seu nome de batismo por Kareem Abdul-Jabbar, que significa "generoso servidor de Alá poderoso". Com 2,18 metros - considerado alto até para os padrões do basquete -, era uma figura inconfundível nas quadras ou nas ruas também por causa de sua cabeça raspada e por usar grossos óculos de proteção (no início da carreira, o atleta havia sofrido um ferimento no globo ocular esquerdo).
Começou na liga profissional defendendo o Milwaukee Bucks, dando para a equipe o único título da NBA de sua história, em 1971. Em 1975, Kareem transferiu-se para o Los Angeles Lakers, onde, ao lado de outra fera, Magic Johnson, dominou o basquete americano na década de 80, ganhando cinco títulos (1980, 1982, 1985, 1987 e 1988). Kareem foi escolhido seis vezes o MVP (o jogador mais valioso do campeonato) e disputou 19 All-Stars (o Jogo das Estrelas da NBA).

.
.
C=56949
.
.

Recordes - Esportes

RECORDES - ESPORTES

E CABIA MAIS!
A partida de futebol com o maior número de gols de que se tem notícia na história do esporte bretão aconteceu no dia 12 de setembro de 1885, em Arbroath, na Escócia. O time da casa enfiou um humilhante 36 a 0 no modesto Bon Accord, em jogo válido pelo Campeonato Escocês. Um gol a cada dois minutos e meio, aproximadamente. E poderia ter sido muito mais. Sete gols do Arbroath foram anulados pelo juiz, que marcou impedimento dos atacantes (juiz ladrão!). Para a sorte do Accord, não havia ainda tira-teima na época.

É DURA NA QUEDA
Embora muitos não o considerem, o rodeio é um esporte - e dos mais praticados no mundo. O torneio mundial acontece anualmente nos Estados Unidos. Nele, o importante é o tempo que se consegue permanecer sobre a montaria. Apesar de ser um esporte tipicamente masculino, um de seus maiores nomes é uma mulher: a americana Charmayne James.
Nascida no Texas, Charmayne venceu dez campeonatos mundiais seguidos, entre 1984 e 1993. Quando ganhou a primeira vez, tinha apenas 14 anos. Em 2002, papou seu décimo primeiro título e tornou-se a maior campeã de todos os tempos. Parou de competir em 2003. Enquanto "vaqueira", faturava quase 2 milhões de dólares por ano. Em breve, sua história deverá ser transformada em filme por uma das maiores produtoras de Hollywood.

ATLETAS POR NECESSIDADE

É difícil dizer com precisão quando nasceu o esporte, pois, desde o início dos tempos, o homem praticava natação, arco-e-flecha e luta - não por lazer ou para exercitar o corpo, mas pela necessidade de sobrevivência. O primeiro registro histórico de uma prática esportiva é um mural de 1850 a.C., descoberto na necrópole de Beni-Hassan, no Egito. As figuras descreviam movimentos semelhantes aos da luta greco-romana. Nessa luta, não se pode empregar as pernas ou agarrar o adversário abaixo da linha da cintura. Usando os braços, os lutadores tentam levar seu oponente ao solo.
Em 1200 a.C., o poeta grego Homero fez versos para descrever os Jogos Fúnebres, no Canto XXIII da Ilíada, trecho de sua obra sobre a Guerra de Tróia. Por isso, Homero é considerado o "primeiro cronista esportivo".
Os primeiros Jogos Olímpicos gregos aconteceram em 776 a.C. Lutas corpo-a-corpo, provas de velocidade, saltos, arremessos de pesos e lanças e corridas de cavalos foram as modalidades dos primeiros Jogos, na cidade de Olímpia - onde ficava o mais importante templo dedicado a Zeus.
Os Jogos passaram a ser disputados de quatro em quatro anos. Em 394, o imperador romano Teodósio, convertido ao cristianismo, ordenou o fim da adoração a Zeus e, por conseqüência, dos Jogos Olímpicos. A versão moderna da Olimpíada seria retomada só em 1896, em Atenas, por iniciativa do francês Pierre de Fredy, o barão de Coubertin.

O GORDINHO QUE FAZ

O paraguaio José Luis Chilavert era goleiro, mas gostava mesmo de fazer gols. Marcou 62 em 20 anos de carreira - é o maior goleiro-artilheiro da história. Exímio cobrador de faltas, fez sucesso mesmo brigando contra a balança. Em 2001, o então técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, chegou a dizer que o paraguaio tinha "mais de 400 quilos". Na verdade, eram "apenas" 97 quilos, distribuídos em 1,87 metro.
Chilavert ganhou fama no Vélez Sarsfield, da Argentina, pelo qual sagrou-se campeão da Taça Libertadores e do Mundial Interclubes. Longe dos campos, o falastrão paraguaio traçou uma meta: ser o presidente de seu país.

.
.
C=56943
.
.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Tarântula é flagrada em muro de estádio

24/02/2011 23h40 - Atualizado em 25/02/2011 00h05


Tarântula é flagrada em muro de estádio de futebol no Rio
Para funcionário de hospital próximo, animal tem cerca de 20 centímetros.
É o segunda aranha a aparecer em menos de dez dias no mesmo local.


Tarântula é flagrada no muro do estádio de futebol Engenhão, no Rio (Foto: Reprodução/TV Globo)Uma tarântula, espécie de aranha, foi flagrada na noite desta quinta-feira (24) no muro do Estádio João Havelange, o Engenhão, no Engenho de Dentro, subúrbio do Rio. De acordo com um funcionário de um hospital próximo, em menos de dez dias, é o segundo animal da mesmo espécie a aparecer no local. Ainda segundo ele, a tarântula tem cerca de 20 centímetros.


.
.
C=54442
.
.

Recordes - Tecnologia

RECORDES - TECNOLOGIA

NANICO SUBAQUÁTICO

Menor submarino do mundo, o Serafina tem 40 centímetros de comprimento, cinco propulsores e casco de plástico coberto de circuitos eletrônicos e baterias recarregáveis. Move-se a 1 metro por segundo e tem autonomia de duas horas. Ágil, consegue dar um giro de 360 graus em apenas 1 segundo. Seus criadores trabalham no departamento de engenharia da Universidade Nacional Australiana, em Canberra. O desafio agora é aumentar a resistência do microssubmarino. Hoje, ele mergulha até 14 metros, mas a equipe pretende operá-lo em até 5 000 metros. Só assim o Serafina poderá ajudar efetivamente em estudos científicos no fundo de mares e oceanos.
O menor submarino tripulado é o Water Beatle, da Inglaterra. Com 2,95 metros de comprimento, é sete vezes maior que o Serafina


RESPONDA SE PUDER
Integrante da maior banda de rock de todos os tempos, Paul McCartney detém outro recorde: o de perguntas recebidas de fãs. No dia 17 de maio de 1997, o ex-baixista dos Beatles recebeu 3 milhões de e-mails e telefonemas durante uma entrevista transmitida via TV e internet pela emissora americana VH1. Isso porque a conversa sobre o CD Flaming Pie durou só 30 minutos. Assim, Paul teve tempo para responder a apenas algumas questões.


PARA NÃO CHEGAR ATRASADO

Correndo a espantosos 1 227,985 quilômetros por hora, o inglês Andy Green registrou a maior velocidade em terra. Foi no dia 15 de outubro de 1997, cinqüenta anos e 1 dia depois do primeiro vôo supersônico da história. A barreira do som num veículo sobre rodas foi quebrada pelo carro Thrust SSC no deserto de Black Rock, nos Estados Unidos. A equipe trabalhou 10 000 horas na construção do carro e esperou dois anos até realizar o sonho de, literalmente, voar baixo.


ÁBACO MOLECULAR
Para criar a menor calculadora do mundo, os cientistas da IBM buscaram inspiração no ábaco, um instrumento matemático inventado na Ásia cerca de 5 000 anos atrás. A diferença é que as bolinhas têm o diâmetro de um nanômetro, ou seja, a milésima parte de um milímetro. Os pesquisadores Maria Teresa Cuberes, James Gimzewski e Reto Schlittler formaram dez linhas estáveis de dez moléculas, que são movidas individualmente numa superfície de cobre, com o auxílio de uma agulha ultrafina instalada em microscópio. Cada molécula é composta de 60 átomos de carbono dispostos na forma de esfera - uma descoberta científica que levou o Prêmio Nobel de Química em 1996. Tudo tão pequeno que é preciso ampliar a imagem milhões de vezes para ver o ábaco molecular em funcionamento.
Apresentada em 1996 pelo trio de gênios do laboratório da IBM na Suíça, essa calculadora utiliza o mesmo princípio do ábaco. As bolas microscópicas são empurradas para a esquerda e para a direita, representando os números de zero a dez. Mais do que uma brincadeira de cientistas, o ábaco molecular é uma experiência bem-sucedida na manipulação de estruturas invisíveis ao olho humano. A menor calculadora do planeta significou um enorme avanço nos estudos sobre as propriedades de átomos e moléculas. O projeto foi patrocinado pelo Escritório Federal de Educação e Ciência da Suíça, tamanho o interesse de governos e empresas do mundo todo pela revolucionária nanotecnologia. Num futuro próximo, tudo indica que os avanços da engenharia nanométrica farão parte do seu dia-a-dia, presentes em produtos como roupas, computadores, aparelhos eletrônicos e automóveis.

UM IRMÃOZINHO NO ESPAÇO - Satélite Artificial

UM IRMÃOZINHO NO ESPAÇO - Satélite Artificial



Com 5,9 toneladas, o canadense Anik F-2 é o maior satélite de telecomunicações em órbita da Terra. Ele foi lançado ao espaço no dia 17 de julho de 2004 pelo foguete europeu Ariane-5, que decolou do Centro Espacial de Kourou, na Guiana Francesa. O satélite pertence à empresa de telefonia canadense Telesat e, durante 15 anos, vai oferecer acesso à internet de alta velocidade e transmissão de imagens para a América do Norte. O Anik F-2 trabalha 35 000 quilômetros acima da linha do Equador, a 111,1 graus de longitude oeste, em posição geoestacionária - ou seja, sempre se mantém no mesmo lugar em relação ao planeta. Ele é o 150 satélite de telecomunicações da Telesat e o décimo em parceria com a Boeing, que construiu o equipamento.
A versão mais recente do Anik tem 14 refletores, com tamanhos que variam de 51 a 140 centímetros, e supera em dez vezes o tamanho da primeira geração de satélites do país, lançada em 1972. O F-2 carrega a bordo a inovadora tecnologia de banda-Ku, desenvolvida pela agência espacial canadense e por empresas privadas de telecomunicações. Essa tecnologia de baixo custo vai transmitir dados para as regiões mais distantes do Canadá, facilitando o acesso a serviços de telemedicina, educação a distância e comércio eletrônico. Uma curiosidade: apesar de ser o maior objeto do gênero no espaço, Anik significa "irmãozinho" na linguagem da tribo Inuit, nativa do Canadá.


.
.
C=54422
.
.

Recorde nas alturas - ENGENHARIA

Recorde nas alturas - ENGENHARIA

UM SENHOR PORTÃO

O mais alto monumento do mundo é o Portão para o Oeste, o arco da cidade de Saint Louis, às margens do rio Mississipi, nos Estados Unidos. Principal atração do Estado de Missouri, a obra foi concluída em outubro de 1965. Tem 192 metros de altura e foi desenhado pelo arquiteto finlandês naturalizado americano Eero Saarinen em 1947, como tributo aos colonos que avançaram rumo ao oeste e incentivaram o país a adquirir, em 1803, as terras da Louisiana, que pertenciam à França

O ÚLTIMO DEGRAU ESTÁ LONGE
Uma escada utilizada para se chegar à estação do teleférico Niesenbahn, nos Alpes Berneses, na Suíça, é a mais longa do mundo. Inaugurada em 1910, tem 1 669 metros de comprimento e 11 674 degraus. É claro que os turistas preferem tomar o bondinho, que os leva ao topo da montanha em 28 minutos. Na volta, alguns se animam a descer pela escada. A aventura leva umas quatro horas e rende algumas bolhas nos pés.

DE PONTA A PONTA

A ponte mais longa do mundo tem 38,42 quilômetros de extensão e fica nos Estados Unidos. Ela une a cidade de Mandeville a Metairie, um subúrbio de Nova Orleans, na Louisiana. Chamada pelos americanos de ponte do Lago Pontchartrain, a estrada é tão comprida que quem parar o carro bem no meio dela e olhar para qualquer direção não vai enxergar nenhum sinal de terra firme, só a água do lago. A Pontchartrain, na verdade, são duas pontes que correm paralelamente, uma em cada sentido. Ambas são sustentadas por mais de 9 000 pilares de concreto e ao longo delas há sete pontos interligados, que servem tanto para retorno quanto para qualquer emergência. E não é improvável que isso aconteça. Diariamente, pelo menos 30 000 carros utilizam as pontes. Cada uma custou 30 milhões de dólares na época.
Cruzar de uma ponta à outra a ponte do lago Pontchartrain é como atravessar a Ponte Rio-Niterói duas vezes e meia - ainda assim, ficam faltando cinco quilômetros

PARAÍSO DAS COMPRAS

Esta é uma boa pedida para quem curte ir às compras: a cidade de Edmonton, na Província de Alberta, no Canadá, abriga o maior shopping center do mundo. O megaparaíso do consumo chama-se West Edmonton Mall, tem mais de 800 lojas, 26 salas de cinema, 110 opções gastronômicas, capela, aquário e vagas para 20 000 veículos - o que, de lambuja, rende o título de maior estacionamento do mundo. Com um hotel de luxo integrado, dá para passar as férias inteiras lá dentro. O complexo foi inaugurado e ampliado em quatro fases, entre 1981 e 1998, e custou 1,2 bilhão de dólares canadenses. Sua área total, de 493 000 metros quadrados, corresponde a 115 campos de futebol americano. O reinado do West Edmonton Mall, no entanto, deve terminar em 2006, quando está prevista a inauguração de um shopping center maior ainda em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

Pompa nas alturas - Burj Al Arab - Dubai

POMPA NAS ALTURAS - Burj Al Arab - Dubai



Com 332 metros de altura, o futurista Burj Al Arab é o hotel mais alto do mundo. Inaugurado em 1999 em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, o edifício foi projetado pelo arquiteto Thomas Wills Wright sobre uma ilha artificial a 200 metros do continente, ligada por uma pequena ponte. Como o prédio avança sobre a água, as fundações estão enterradas 40 metros abaixo do solo. Essa enorme obra de aço, concreto e vidro impressiona pelas linhas aerodinâmicas em forma de uma vela de barco, moldadas em fibra de vidro e revestidas de teflon, que deixam a estrutura branca mais brilhante nos dias ensolarados. Observado de baixo para cima, o Burj Al Arab parece bem menor, mas são as amplas janelas das 202 suítes dúplex que criam a ilusão de ótica quanto à altura. Afinal, o hotel de 60 andares é apenas 41 metros mais baixo que o Empire State Building, um dos principais cartões-postais de Nova York.
O Burj Al Arab também é famoso pelo seu átrio - o mais alto do mundo, com 180 metros de altura - e pela iluminação externa colorida, um espetáculo noturno proporcionado por um jogo de refletores programados por computador. No lobby, os hóspedes embarcam num submarino para conhecer o restaurante subaquático Al Manhara, especializado em frutos do mar. Das mesas, eles contemplam a variedade de animais do Golfo Pérsico criada num gigantesco aquário. No Burj Al Arab, ao contrário do ditado popular, tudo o que reluz é ouro. Principalmente nas peças banhadas a ouro, espalhadas por toda a decoração. É claro que tanto luxo só poderia ter um preço altíssimo: as diárias ultrapassam os 5 000 dólares.

.
.
.
C=54417
.
.
.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Recorde - CONFLITOS - Parte 2

RECORDE - CONFLITOS - Parte 2

QUEBRA-PAU RELIGIOSO

A Guerra dos Trinta Anos, envolvendo vários países da Europa, foi o mais longo conflito ininterrupto na história da humanidade. A batalha se iniciou na Boêmia (na atual República Tcheca), então dominada pelo Sacro Império Romano. A guerra foi resultado de diversos conflitos religiosos entre luteranos e católicos. Começou em 1618 e teve como pretexto a demolição de duas igrejas luteranas na Boêmia, contrariando a liberdade religiosa que vigorava na época. A primeira fase foi comandada pelo imperador Fernando II, católico, que, com o apoio dos Habsburgos espanhóis, derrotou os protestantes em 1620. A segunda fase da guerra adquiriu dimensão internacional, com Cristiano IV, rei da Dinamarca e da Noruega, apoiando os protestantes alemães, principalmente por razões não-religiosas.
Sob o comando do Cardeal Richelieu, a França entrou na última fase da guerra, em 1635, e foi fundamental para o seu desfecho. Disposta a tornar-se uma potência mundial, a França massacrou a Espanha. O conflito estendeu-se até 1648, quando a Espanha reconheceu a derrota.

O CUSTO DO CONFLITO

Além do enorme número de vítimas, a Segunda Guerra Mundial bateu outro recorde: foi a mais cara de todos os tempos. Somente para os Estados Unidos, o custo da participação no conflito foi estimado em 3 trilhões de dólares pelos valores atuais - o correspondente a 130% do PIB do país. Para se ter uma idéia, na Guerra do Iraque, iniciada em março de 2003, os americanos calculam que vão gastar entre 50 bilhões e 150 bilhões de dólares - uma quantia considerável, mas equivalente a uma fração do PIB: 0,5% a 1,5%.

CARNIFICINA EM STALINGRADO
Em 1939, Adolph Hitler e Josef Stalin assinaram um pacto de não-agressão. Mas, dois anos depois, Hitler cometeu um erro estratégico que mudaria os rumos da Segunda Guerra Mundial: decidiu abrir uma frente oriental e invadir a União Soviética. O Exército Vermelho resistiu bravamente à ofensiva alemã. A Batalha de Stalingrado, que se estendeu de 3 de setembro de 1942 a 31 de janeiro de 1943, entrou para a história como a mais sangrenta de todas. Os soviéticos perderam 1,1 milhão de pessoas. Do lado alemão, foram em torno de 800 000 baixas. A Alemanha saiu enfraquecida dessa aventura e, dois anos depois, o 30 Reich de Hitler chegaria ao fim.


.
.
C=53664
.
.

Recorde - Sociedade - CONFLITOS

RECORDE - SOCIEDADE - CONFLITOS

PELA PAZ


O presidente americano, George W. Bush, conseguiu conquistar a antipatia do mundo com sua política externa e a invasão do Iraque. No dia 15 de fevereiro de 2003, três milhões de pessoas saíram às ruas de Roma, na Itália, para protestar contra a guerra no país de Saddam Hussein na maior manifestação pacifista da história. No mesmo dia, outras metrópoles organizaram atos similares. Em Londres, 1 milhão de pessoas marcharam contra a guerra. Em Berlim, foram 200 000 pessoas. São Paulo reuniu 50 000 manifestantes.

A MAIOR PROVA DE INSENSATEZ

A Segunda Guerra Mundial foi a mais abrangente e mais sangrenta da história. Durante os seis anos de conflito, entre 1939 e 1945, estima-se que 56,4 milhões de pessoas tenham morrido, entre soldados e civis. Só a União Soviética perdeu 7 milhões de civis e 6,1 milhões de soldados. Outro país bastante castigado foi a Polônia, que teve mais de 6 milhões de mortos, 17% da sua população.
A Segunda Guerra foi travada entre dois grupos: de um lado, o dos países Aliados, formado por Estados Unidos, Grã-Bretanha, França, União Soviética e China; do outro lado, as potências do Eixo, com Alemanha, Itália e Japão. Uma das motivações da guerra foi o desejo do ditador nazista Adolf Hitler de criar uma "nova ordem" na Europa, baseada na superioridade alemã, na eliminação de minorias étnicas e religiosas (como os judeus), na supressão das liberdades e dos direitos individuais e na perseguição de ideologias liberais, socialistas e comunistas. As nações democráticas (como a França, a Grã-Bretanha e os Estados Unidos) opuseram-se aos planos expansionistas dos países do Eixo.

Ônibus espacial Discovery é lançado rumo à sua última missão

24/02/2011 18h53 - Atualizado em 24/02/2011 19h18
Ônibus espacial Discovery é lançado rumo à sua última missão
Decolagem acontece após série de adiamentos e problemas com a nave.
Programa de ônibus espaciais da Nasa será aposentado até o final de 2011.

Após quatro meses de tentativas frustradas e adiamentos, o ônibus espacial Discovery foi lançado no Centro Espacial Kennedy, nos Estados Unidos, partindo para sua última missão no espaço nesta quinta-feira (24), às 18h50 (horário de Brasília).

O lançamento acontece após uma série de adiamentos por conta de vazamentos, problemas elétricos e rachaduras nos tanques externos. A equipe também sofreu baixas, com a substituição do especialista Tim Kopra, que se machucou após cair da bicicleta, pelo astronauta Steve Bowen.

Após reparos no sistema de combustível do veículo, a Discovery retornou ao complexo de lançamento 39A, no Centro Espacial Kennedy, em fevereiro de 2011. Os tanques externos foram completamente abastecidos durante a manhã desta quinta-feira.

Conheça a história dos 25 anos do ônibus espacial
Confira galeria de imagens das missões no espaço
A missão STS-133 leva seis astronautas e um robo humanoide à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês). A equipe deve permanecer no espaço durante 11 dias, levando novos instrumentos aos posto orbital. Para instalá-los, duas caminhadas no espaço serão feitas pelos especialistas a bordo Steve Bowen e Alvin Drew.

Será a 35ª viagem de um ônibus espacial à ISS. O programa de ônibus espaciais da Nasa será aposentado até o final de 2011, com o voo final da Endeavour, na missão STS-134, e da Atlantis, que será utilizada novamente após a agência espacial norte-americana ter anunciado o fim do uso desta nave em 2010.


Da esquerda para a direita, os tripulantes da missão STS-133, a última da Discovery: Nicole Scott, Michael Barratt, Alvin Drew, Steve Bowen, Eric Boe e Steve Lindsey, comandante da tripulação (Foto: Nasa)

sábado, 11 de junho de 2011

Recordes - Bichos

RECORDES - BICHOS


EU TENHO A FORÇA!

Se você topar com um deles por aí, é melhor dar meia-volta em sinal de respeito. O besouro-rinoceronte (Oryctes rhinoceros) é, proporcionalmente, o bicho mais forte do planeta. Esse inseto é capaz de suportar 850 vezes o próprio peso. Para ter uma idéia da façanha, imagine um homem de 70 quilos levantando quase 60 000 quilos! O besouro-rinoceronte é também o inseto mais pesado do mundo: tem entre 70 e 100 gramas.

QUE PAPA-LÉGUAS, QUE NADA!

O Papa-Léguas, personagem de desenho animado, é um símbolo de ligeireza. Mas a avezinha, que escapa facilmente do seu perseguidor, o estabanado Coiote, não teria tanta moleza com o guepardo, o animal terrestre mais veloz do mundo: ele atinge 115 quilômetros por hora. Além do impressionante arranque - acelera de zero a 72 quilômetros por hora em apenas dois segundos -, o guepardo é um grande saltador: vence obstáculos de três metros de altura. Mas o animal tem um ponto fraco: não é capaz de sustentar sua extraordinária velocidade durante uma corrida prolongada, pois logo se cansa. Sorte de suas presas. Nos céus, o animal mais rápido do mundo é o falcão-peregrino, com velocidade média de 115 quilômetros por hora - durante a captura de uma presa, atinge incríveis 360 quilômetros por hora. A ave destaca-se também pela visão aguçada: consegue avistar uma presa a 1,5 quilômetro de distância.
Justificando o nome e a fama, a preguiça é o animal terrestre mais lento do mundo. Ao subir em árvores, ele consegue "acelerar" a 270 metros por hora

MINIATURA - Morcego nariz de porco

Entre as cerca de 1000 espécies de morcegos conhecidas no mundo, há uma que, quando adulta, pesa entre 1,5 e 2 gramas (o peso aproximado de uma moeda de 1 centavo de real). A cabeça e o corpo desse bicho medem em torno de 3 centímetros. É o menor mamífero do mundo, o Craseonycteris thonglongyai. É conhecido popularmente como morcego-nariz-de-porco, por causa do focinho que lembra um suíno. Suas asas são proporcionalmente largas: abertas, o morcego mede 7,5 centímetros. Encontrado na Tailândia, o morcego-nariz-de-porco, também chamado de kitti, foi descoberto nas cavernas do vale do Rio Kwaim, em 1974. Tem vida relativamente longa, em torno de 15 anos, e vive em grupos de até 20 indivíduos. Está ameaçado de extinção.
Entre não-voadores, o menor mamífero é o musaranho-pigmeu (Suncus etruscus), que pesa entre 1,5 e 2,5 gramas e mede 5 centímetros


.
.
C=53174
.
.

Girafa - com a cabeça nas nuvens

Girafa - COM A CABEÇA NAS NUVENS



Apesar de seus incríveis 2,53 metros, o ucraniano Leonid Stadnik - o homem vivo mais alto do mundo - não chega nem à metade do animal mais alto do planeta: a girafa. O pacato animal, que vive na savana africana, pode atingir 5,5 metros de altura. Os filhotes já nascem com quase dois metros. Uma curiosidade: a girafa é o único animal no mundo que consegue alcançar as próprias orelhas com a língua. Deve ser muito útil...

.
.
C=53171
.
.

Recordes - Natureza

Recordes - Natureza


ÁGUA! ÁGUA!

Ao desaguar no Oceano Atlântico, o Rio Amazonas, o mais caudaloso do planeta, propicia um dos espetáculos mais grandiosos da natureza, a pororoca, o violento encontro de suas águas com o mar. Num único dia, o Amazonas descarrega no mar mais água que o Tâmisa, na Inglaterra, despeja em um ano inteiro. Tal volume, equivalente a 20% das águas fluviais do mundo, justifica-se pelas fartas chuvas na região, pelo fato de o rio cruzar a maior floresta tropical do planeta e ainda receber mais de 1000 afluentes, alguns com mais de 1 600 quilômetros. A profundidade média do Amazonas é de 50 metros. Em seu ponto mais profundo, a 120 metros, a estátua da Liberdade, de 91,5 metros, desapareceria. Em média, o rio tem 15 quilômetros de largura - na foz, atinge 300 quilômetros.
A vazão média do rio Amazonas é de 215 milhões de litros por segundo. Se ele tivesse de matar a sede de todo o planeta, poderia fornecer um litro de água a cada 28 segundos para cada habitante da Terra

O AMARELO INDOMÁVEL
As cheias do portentoso Rio Amarelo (Hung He), na Província de Huayan Kou, fazem parte da história da China. Nenhuma, porém, foi tão dramática quanto a de 1887, quando morreram 900 000 pessoas. Provocada pelo transbordamento de um dos muitos diques construídos ao longo do rio, a enchente atingiu mais de 80 000 quilômetros quadrados e cobriu 11 cidades. Para controlar as enchentes, os chineses começaram a construir comportas no rio há 2 500 anos. Mas, ainda hoje, o Amarelo castiga os moradores da região.

TRAGÉDIA NO AR
Todos os 71 passageiros e os 8 tripulantes do Boeing 707-121 da Pan American World Airlines, que partira de Porto Rico e voava para Filadélfia, em 8 de dezembro de 1963, morreram naquele dia. Foram vítimas de uma explosão em pleno ar, provocada por um relâmpago que atingiu o tanque de reserva de combustível da aeronave. No momento da explosão, o Boeing sobrevoava a região de Elkton, em Maryland, Estados Unidos, enquanto aguardava permissão para o pouso. Os efeitos de colisões com raios variam, mas, na maioria dos casos, o dano é pequeno e o risco de explosão, remoto. O maior perigo é o raio atingir, como ocorreu no caso do Boeing da Pan American, a parede do tanque de combustível.
Os raios que atingem a Terra, a cada dia, geram 3,456 trilhões de HP, potência suficiente para levantar um porta-aviões de 200 000 toneladas a uma altura de 30 metros

FÁBRICA DE LAVAS

O Kilauea, um vulcão de 1 219 metros de altura na ilha do Havaí, é o mais ativo do planeta e está atualmente na maior e mais longa erupção de flanco da história: iniciada em 1983, libera até 5 metros cúbicos de lavas por segundo! O Kilauea já passou 100 anos em atividade quase contínua.

Um Espetáculo na Austrália

UM ESPETÁCULO NA AUSTRÁLIA



Se você pretende mergulhar em Cairns, norte da Austrália, e conferir a beleza da Grande Barreira de Corais, é melhor se apressar. A maior estrutura de organismos vivos da Terra, considerada uma das sete maravilhas da natureza no mundo, está perdendo seu principal atrativo - as cores deslumbrantes. Em cerca de 25 anos, estima-se que metade de sua área, de 350 000 quilômetros quadrados e que se estende por 2 300 quilômetros de praia, poderá ter perdido a cor e ficado branca.

A ameaça a esse patrimônio, formado há pelo menos 2 000 anos, vem dos sedimentos e detritos químicos provenientes das cidades costeiras. Os resíduos prejudicam a reprodução dos corais e servem de alimento para estrelas-do-mar espinhosas, que devoram também esses pequenos animais marinhos e já destruíram grandes áreas do recife. O branqueamento dos corais resulta, além disso, das altas temperaturas registradas ultimamente nas águas da região, efeito de gases como o dióxido de carbono.
Em cerca de 900 ilhas e inúmeros recifes, a Grande Barreira abriga em torno de 2 900 espécies de corais e 1 500 espécies de peixes. Ao norte, o recife é praticamente contínuo e situa-se a apenas 50 quilômetros da costa.

Recordes - O Brasil que chegou lá

RECORDES - O BRASIL QUE CHEGOU LÁ



O piloto EMERSON FITTIPALDI tornou-se, em 1972, aos 25 anos e 273 dias, o mais jovem campeão da Fórmula 1. Na foto, ele desfila em carro aberto em São Paulo após conquistar o título mundial. Não tão conhecido quanto Emerson, o PARQUE NACIONAL DE TUMUCUMAQUE (à dir.), no Amapá, é citado no Guinness como a maior reserva de floresta tropical

O MARACANÃ (acima), no Rio de Janeiro, merece destaque no Guinness por deter um recorde que não é superado há meio século, o de maior estádio do mundo. Por falar em futebol, é claro que PELÉ (ao lado, em 1970) não poderia ficar de fora: ele foi o mais jovem jogador a marcar um gol numa Copa do Mundo e é recordista em número de gols na carreira: 1 279

O cavaleiro RODRIGO PESSOA (acima, saltando uma barreira) aparece no Guinness como o maior vencedor na Copa do Mundo de Hipismo, com três títulos. À direita, trio elétrico na cidade de SALVADOR, citada como palco do maior carnaval de rua. A natureza brasileira foi destacada mais uma vez com a LAGOA DOS PATOS, no Rio Grande do Sul, a maior do mundo (abaixo)

.
.
C=53156
.
.

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Menino sérvio 'atrai' metais e porcelana

24/02/2011 09h22 - Atualizado em 24/02/2011 10h36
Menino sérvio 'atrai' metais e porcelana
Pais afirmam que Bogdan teria nascido com capacidade magnética.


O garoto sérvio Bogdan consegue 'grudar' utensílios
de porcelana a seu corpo (Foto: BBC) O menino sérvio Bogdan, de 7 anos, teria poderes magnéticos, segundo os seus pais. Facas, garfos, colheres e moedas parecem grudar-se imediatamente ao entrar em contato com o corpo de Bogdan.

E ele não atrairia só objetos metálicos. Imagens mostram que objetos de porcelana também parecem ficar colados no corpo do menino.

Para evitar acusações de que a pele de Bogdan é grudenta, os pais mostram que até uma panela de 2,5 quilos parece se atrair ao peito do menino.

Os pais dizem que ele tem o dom desde que nasceu e chega a beber 3 litros de leite por dia quando está muito ativo. Além disso, Bogdan não poderia se aproximar de computadores porque provocaria defeitos.

Médicos já teriam afirmado que o menino não poderia fazer um exame de ressonância magnética porque também danificaria o aparelho.

.
.
C=52553
.
.