Clique no PLAY para leitura automática do texto:

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

O mundo secreto dos discos em raio-X


O mundo secreto dos discos em raio-X


Na União Soviética, a indústria musical e o que eram consideradas músicas admissíveis eram controladas pelo estado. Por causa disso, um MERCADO SECRETO vibrante de discos piratas floresce no período.

Era difícil obter cópias de discos, e elas eram geralmente feitas gravando os sons de discos de gramofone em outros materiais, incluindo chapas de raios-X obtidas extraoficialmente de hospitais. Esses discos inusitados se tornaram conhecidos informalmente como "ossos" ou "costelas".
Eles eram de baixa qualidade e se deterioravam rapidamente, mas eram baratos – apenas alguns rublos comparado com o custo de um LP ocidental.

Chapas de raio-X para gravar discos eram conseguidas extraoficialmente em hospitais

O compositor Stephen Coates, o pesquisador e artista sonoro Alex Kolkowski e o fotógrafo Paul Heartfield colaboram no The X Ray Audio Project, que continua a criar e explorar "a história incrível da música proibida, da cultura da guerra fria e da tecnologia da pirataria".


Nenhum comentário:

Postar um comentário