Clique no PLAY para leitura automática do texto:

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Tesla vs. Google - uma guerra pelos carros do futuro


Tesla vs. Google - uma guerra pelos carros do futuro


Na atual transição da indústria automobilística para veículos autônomos, ou seja, aqueles com piloto automático, a Tesla Motos e a Google se destacam sobre todas as marcas.


Isto não se dá somente pelo valor e peso dos seus nomes, mas também pelas formas como as empresas gerenciam projetos direcionados às gerações futuras. 

Enquanto a Tesla já comercializa carros com funções autônomas de direção, a Google continua em etapas experimentais. Mas apesar de as duas perseguirem o objetivo de direção autônoma, a primeira parte de um conceito que envolve o condutor humano e a segunda não. Na verdade, os carros Tesla, embora autônomos, contam com pedais e volante; os da Google possuem somente um botão de ligar e uma velocidade máxima de 40 km/h. 

Design comercial para o carro Autônomo


Pensando na segurança, a Google projeta carros robóticos, com para-brisas de acrílico e camadas de espuma na dianteira. A empresa chegou até a patentear um sistema de velcro, para que um eventual pedestre atropelado fique grudado no capô. A Tesla, por outro lado, aposta na assistência de um motorista humano, sem limites de velocidade. Desse modo, a empresa de Elon Musk baseia sua tecnologia em um sistema de radares, câmeras e sensores, enquanto a gigante da internet foca na rede Lidar, um sistema laser capaz de criar mapas tridimensionais em um raio de 60 metros. 

Modelos pequenos para poucas pessoas


Fonte: Infobae

Localização precisa dos corpos fixos e moveis nas ruas



Nenhum comentário:

Postar um comentário