Clique no PLAY para leitura automática do texto:

sexta-feira, 19 de julho de 2019

Justiça da Ucrânia confirma lei que equipara o comunismo ao nazismo

Justiça da Ucrânia confirma lei que equipara o comunismo ao nazismo


A Justiça da Ucrânia confirmou a constitucionalidade de uma lei que equipara o comunismo ao nazismo. A legislação havia sido aprovada por congressistas do país em 2015, mas era contestada por grupos internos desde então. A medida abriu caminho para a remoção de símbolos comunistas em território ucraniano, como as estátuas de Vladimir Lênin.


De acordo com a decisão do Tribunal Constitucional do país, tanto o nazismo quanto o comunismo usavam métodos similares de implementação de políticas estatais repressivas. "O regime comunista, assim como o nazista, infligiu danos irreparáveis aos direitos humanos porque, durante sua existência, tinha controle total sobre a sociedade, promovendo perseguições e repressões por motivos políticos, além de violar suas obrigações internacionais e suas próprias constituições e leis", diz uma nota do departamento de comunicações do órgão. A legislação proíbe os símbolos soviéticos e nazistas no país. De acordo com a lei, quem promover esses símbolos está sujeito a penas de até dez anos de prisão.




A lei determina a proibição dos símbolos comunistas com o objetivo de "evitar um retorno ao passado totalitário" do país. Por esse motivo, três partidos comunistas que atuavam na Ucrânia foram banidos. Durante o processo de "descomunização", 1300 monumentos em homenagem a Lênin foram derrubados, 51.493 ruas, praças e locais públicos foram renomeados e 987 cidades mudaram de nome. 

Quando foi aprovada, a legislação foi imediatamente contestada pela Rússia e por órgãos como a Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) e o Grupo de Proteção aos Direitos Humanos da Ucrânia. Segundo Dunja Mijatović, representante da OSCE, a "linguagem ampla e vaga” da lei anticomunista "poderia facilmente levar à supressão do discurso político, provocativo e crítico, especialmente na mídia". Já o ativista ucraniano Denis Pilaš disse ao The Guardian na época que "o principal perigo dessa lei é o deslocamento do discurso político para a direita, incentivando a violência da extrema-direita contra os ativistas de esquerda" .

Depois que a lei foi aprovada, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia acusou a Ucrânia de usar "métodos totalitários" para liquidar partidos e organizações e atacar "a liberdade de imprensa, opinião ou consciência". Os congressistas aprovaram a lei um ano após a Rússia anexar a península do Mar Negro na Crimeia e iniciar uma guerra no leste ucraniano, que causou mais de 13 mil mortes e desalojou mais de 1 milhão de pessoas. 



Holodomor
Quando fazia parte da União Soviética, a Ucrânia viveu o Holodomor (ou "Holocausto Ucraniano"). Estima-se que até 12 milhões de pessoas morreram entre 1932 e 1933 devido ao bloqueio de alimentos imposto ao país por Joseph Stálin. A política fazia parte do processo de coletivização da agricultura, ou seja, a apropriação pelo Estado soviético das terras, colheitas e gado pertencentes aos camponeses que viviam em países soviéticos. A resposta dos agricultores foi desesperada e muitas vezes violenta, havendo numerosas manifestações e revoltas, principalmente na Ucrânia.

Na visão de Stálin, o  o governo ucraniano e o Partido Comunista do país tinham sido infiltrados por agentes nacionalistas e espiões poloneses, e as aldeias que resistiam à coletivização estavam sob a influência de agitadores contrarrevolucionários. Por isso, ele teria decidido utilizar a fome para punir os camponeses.




Fontes: Radio Free Europe e The Guardian





Radio Free Europe - Site Fonte




Leia também:

01 - Novos chips da Intel não conseguem acompanhar a Lei de Moore

02 - Amargo Regresso - Medicina

03 - Astrofísico explica por que Einstein pode ter revelado chave para viagens além da velocidade da luz

04 - Quando morrer era uma arma de guerra - Kamikazes - História

05 - 17 melhores notícias mentirosas que saíram nesse 1º de abril

06 - Rumo a Plutão - o gigante entre os anões

07 - Brasil: O País dos 100 milhões de raios - Física

08 - Conheça os óculos de realidade virtual da Sony que irão mudar o mundo dos games

09 - Vida de Bibelô - Arara de Cuba

10 - Combate sobre Guadalcanal - WILD CAT vs ZERO



COMPARTILHAR NO FACEBOOK:
http://bit.ly/29N4G84


COMPARTILHAR NO TWITTER:
http://bit.ly/29BNtyN



CHAT DO BLOG - http://bit.ly/2cWL4j4
www.publicadosbrasil.blogspot.com
Publicados Brasil no YouTube
http://bit.ly/1zIu2s4
http://num.to/6944-5525-7037


01 - 11 clássicos do MS-DOS para jogar - http://bit.ly/1P3vIVn
02 - Imagina ter 900 games de Arcade - http://bit.ly/1J25y0W
03 - Jogando NES OnLine - http://bit.ly/1M4IdTh
04 - 1.185 jogos de Mega Drive - http://bit.ly/1GSTaj2
05 - Ler Scans e Quadrinhos Digitais - Um mundo DIGITAL - http://bit.ly/2cYfdkS
06 - Poeira das Estrelas - Documentário - http://bit.ly/2eLj1ni
07 - Retrô - Relembre as caixas de videogames e jogos lançados no Brasil - http://bit.ly/2hDNdEi
08 - Cachorro-quente no espetinho - Lanche da tarde - http://bit.ly/2lwFSEJ
09 - Coleção Saiba Mais - Completa - http://bit.ly/2lBVIyO
10 - Compilação de 4226 Postagens - 16/02/2017 - http://bit.ly/2lZYwoQ
11 - Literatura Clássica Brasileira - LIVROS ONLINE - http://bit.ly/2ne9ngz
12 - As 5564 Cidades do Brasil - http://bit.ly/2mykDTg
13 - JogosRBL4 - Jogos Retro grátis no seu PC - http://bit.ly/2uLgDHd
14 - JogosRBL6 - Agora com Playstation One - http://bit.ly/2gjEatl
15 - 945 Filmes Legendados - Coleção Setembro de 2017 - http://bit.ly/2wOM0Ra
16 - Coleção 656 CD-ROM's - Outubro de 2017 - http://bit.ly/2AiD72n
17 - Playstation One Collection - 1391 Games - http://bit.ly/2FkMp3I
18 - Armazenador de Arquivo - https://bit.ly/2JdMfNF
19 - JogosRBL6 Plus V2 - 4 Full Set - https://bit.ly/2Qqtt6g
20 - Lista de Links Ancorados - Junho de 2019 - https://bit.ly/2Kvty7M

http://bit.ly/1zIu2s4

http://num.to/6944-5525-7037





Nenhum comentário:

Postar um comentário