Clique no PLAY para leitura automática do texto:

quarta-feira, 15 de junho de 2016

9 massacres interrompidos por cidadãos armados


9 massacres interrompidos por cidadãos armados


Você defende o desarmamento civil? Conheça estes casos incríveis de cidadãos armados que conseguiram evitar o pior.


1.  Tiroteio no Colégio Pearl

1 de outubro de 1997

Capa de jornal depois de um tiroteio

Luke Woodham espancou e esfaqueou sua mãe até a morte, em seguida foi até o seu colégio onde matou dois estudantes e feriu outros sete. Woodham só foi interrompido com a chegada do Diretor Adjunto, Joel Myrick, um Comandante da Reserva do Exército dos EUA, que deteve Whoodham até que as autoridades chegassem usando uma pistola semi-automática calibre .45 que ele guardava em seu caminhão.

Myrick impediu que Woodham atravessasse a rua em direção a uma escola de ensino fundamental.


2.  Tiroteio no baile da Escola Parker

24 de abril de 1998



Andrew Wurst entrou em sua escola com uma pistola .25. Ele atirou, matando um professor, acertando outro, e ferindo mais dois estudantes. A saraivada de tiros do garoto de 14 anos durou cerca de 20 minutos. E só terminou quando James Strand, o dono do salão de festas onde o baile ocorria, enfrentou Wurst com sua escopeta de uso pessoal. Ele ordenou que Wurst largasse a arma e o manteve parado durante 11 minutos até que o atirador largasse a arma e se deitasse no chão, quando enfim pôde revistá-lo.


3. Tiroteio na Faculdade de Direito Appalache

16 de janeiro de 2012

Appalachian School of Law

Um ex-estudante nigeriano de 43 anos chamado Peter Odighizuwa chegou ao campus com uma arma. Há diferentes versões da história, mas de acordo com testemunhas oculares, os alunos Tracy Bridges e Mikael Grossl, ambos policiais, correram para os seus carros depois de ouvirem os tiros, e pegaram suas armas. Eles se aproximaram de Odighizuwa, ordenando que largasse sua arma; ele largou e em seguida foi dominado por outros estudantes.

Três pessoas morreram e três foram feridas.


4. Tiroteio na Igreja New Life

9 de dezembro de 2007

Igreja New Life

Uma ex-policial de Minnesota chamada Jeanne Assan estava na igreja quando um atirador de 24 anos chamado Matthew Murray abriu fogo contra os paroquianos que estavam no estacionamento. Murray fez duas vítimas antes que Assam reagisse e acertasse diversos disparos contra ele. Ferido, Murray se suicidou.


5. Tiroteio da Praça Trolley

12 de fevereiro de 2007


Sulejman Talovi matou cinco pessoas e feriu outras quatro em 2007 quando iniciou uma série de disparos numa praça pública na cidade de Salt Lake, em Utah. Ele tinha uma escopeta e uma mochila com munição. Ele foi detido num tiroteio envolvendo a SWAT do que ocorreu em uma loja infantil. No entanto, ele só foi encurralado por Kenneth Hammond, um policial fora de serviço, que o manteve na loja até que os outros policiais chegassem.

Hammond reagiu depois de ouvir os disparos do lado de fora, enquanto apreciava um jantar antecipado do Dia dos Namorados com sua esposa grávida num restaurante local.


6. Tiroteio no Golden Market

19 de julho de 2009

Golden Market

Os detalhes são confusos, mas, de acordo com os relatos, um homem entrou no Golden Market na Virgínia em 2009 e começou a atirar. Ele acertou o caixa e então começou a disparar contra os patrões lá dentro. Ele ficou sem munição e começou a recarregar quando sofreu um disparo e foi detido por um homem que carregava uma arma no bolso.


7. Tiroteio na Loja da AT&T de New York Mills

27 de maio de 2010

The New York Mills ATT store shooting

O policial fora de serviço Donald J. Moore deteve Abraham Dickan, um senhor de 79 anos que decidiu abrir fogo numa loja da AT&T em New York Mills, no estado de Nova York. Moore estava na loja quando Dickan entrou brandindo uma magnum .357 e portando em seu bolso uma lista dos empregados que ele queria matar. Moore ouviu Dickan suspender os disparos, sacou sua própria arma e o matou no ato.

Um empregado da AT&T ficou ferido.


8. Tiroteio no Centro da Cidade de Clackamas

11 de dezembro de 2012

The Clackamas Town Center shooting

Duas pessoas morreram e uma terceira ficou seriamente ferida na comarca de Clackamas, em Oregon, quando Jacob Roberts abriu fogo num shopping local. Nick Meli, um lojista do shopping sacou sua arma contra Roberts, que recuou e foi embora. Meli não disparou sua arma com medo de atingir algum transeunte.


9. Tiroteio no Cinema de San Antonio

16 de dezembro de 2012

The San Antonio Theater shooting

Em dezembro do ano passado, disparos irromperam dentro do cinema de San Antonio. Os espectadores correram para as saídas e se agacharam para se proteger do atiador, Jesus Manuel Garcia, que começou a efetuar disparos em um jardim chinês que atravessaram todo o complexo até chegar ao cinema. O Departamento de Policia de San Antonio foi alvo dos disparos e teve que evacuar e fechar o seu prédio.

O atirador foi alvejado e interrompido por uma policial fora de serviço, Lisa Castellano, que trabalhava no cinema aquela noite.


FONTE: buzzfeed 









Nenhum comentário:

Postar um comentário