Clique no PLAY para leitura automática do texto:

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

10 jogos tão difíceis que vão querer te fazer quebrar o controle do videogame


10 jogos tão difíceis que vão querer te fazer quebrar o controle do videogame


Muita gente reclama que os jogos da atual geração de consoles não trazem nem um pouco da dificuldade encontrada nos jogos lançados durante as décadas de 1980 e 1990, com exceção talvez para a franquia “Dark Souls”.

Se você é daqueles que busca os jogos mais difíceis, nós preparamos uma lista com os títulos que vão testar a sua paciência e habilidade. Confira:


Contra (1987) – Arcade


Esse jogo é a prova de que a máquina pode ser quase insuperável. Passar pelas fases requer muita habilidade e reflexos rápidos para desviar do tiroteio intenso e dos inimigos que simplesmente não param de aparecer. E nem adianta jogar no modo cooperativo, já que o número de combatentes aumenta.


Battletoads (1991) - Super Nintendo


Battletoads é impossível, ou quase isso. Além de ter que derrotar alguns inimigos pelo caminho, diversas são as partes em que o jogador é obrigado a desviar de obstáculos em alta velocidade. A jogabilidade não ajuda muito e torna tudo um pouco mais difícil. 


Zelda II: The Adventure of Link (1987) - NES



“Mas os jogos de Zelda não são tão difíceis assim”, disse qualquer pessoa que provavelmente nunca jogou o segundo título da franquia e o único com a tela de lado. Neste jogo basta morrer três vezes para que todo o progresso do game seja apagado. Isso mesmo, game over. 


Super Ghouls'n Ghosts (1991) – Super Nintendo


Esse é outro título que virou cult ao longo dos anos pela sua incrível capacidade de deixar os jogadores extremamente frustrados. Além de vários inimigos, o jogo possui um extra que promete fazer você querer quebrar o controle: toda vez que pula, o personagem pode cair em qualquer lugar da tela sem que você decida qual. 

Ou seja, não basta apenas ter habilidade, mas também sorte para não aterrissar em um buraco ou em cima de um inimigo.


Super Mario Bros: The Lost Levels (1993) – Super Nintendo


Esse título é tão difícil que fez a Nintendo cancelar o lançamento dele nos Estados Unidos justamente pela dificuldade, extremamente criticada. É definitivamente o jogo mais difícil da franquia do encanador italiano.


Dark Souls/Demon Souls/Bloodborne (2009/2015) – PS3/PS4


As três franquias são produzidas pela mesma empresa, a From Software e ela gosta de ver os jogadores sofrerem para zerar os jogos. Esqueça a tática de querer sair por aí dando porrada nos inimigos como em "God of War" e "Devil May Cry". 

Primeiro é preciso desviar, entender o método de ataque do adversário, analisar o momento certo e, então, atacar. E se você morrer, perde todas as almas/sangue que conquistou matando inimigos. Sem elas você não sobe de nível e nem compra itens.


Teenage Mutant Ninja Turtles (1990) – NES/PC


Esse game foi extremamente criticado pela péssima jogabilidade e dificuldade excessiva apresentada. Além de ser um dos mais difíceis já lançados, é um dos piores jogos de todos os tempos. Mal projetado, possui algumas partes, principalmente na versão para computador, que são realmente impossíveis de serem superadas sem a ajuda de truques. 


F-Zero GX (2003) - GameCube


Quem disse que jogos de corrida não podem ser difíceis? F-Zero GX, do falecido GameCube, é a prova disso. Se já é difícil manter o controle do veículo durante o percurso de alta velocidade, fica quase impossível quando os adversários fazem questão de tentar te tirar da pista a todo o custo.


Doom (1993) – PC


Jogar esse game na dificuldade “Nightmare” é um verdadeiro pesadelo. A quantidade de inimigos do jogo é absurda e eles não estão mais mortais do que antes. Além disso, você não encontrará tantos itens para ajudá-lo como antes.


Ninja Gaiden (1988/2011) – NES/PS3


Essa franquia é uma das mais difíceis de todos os tempos, principalmente nos títulos mais antigos. A jogabilidade até tenta ajudar, mas não compensa a quantidade exorbitante de inimigos. Além disso, é tudo tão rápido que você muitas vezes nem verá o que te atingiu.





C=445.099



Nenhum comentário:

Postar um comentário