Clique no PLAY para leitura automática do texto:

quarta-feira, 29 de junho de 2011

A Mão de Alá - Kareem Abdul-Jabbar

A MÃO DE ALÁ - Kareem Abdul-Jabbar



O maior cestinha da história da NBA (Liga Norte-Americana de Basquete) é o americano Kareem Abdul-Jabbar, que marcou 38 387 pontos em pouco mais de 20 anos de carreira. Foram 15 837 cestas de dois pontos em jogos regulares, mais 5 762 pontos e 2 356 cestas de dois pontos em play-offs. No total, fez 46 725 pontos na carreira.

Kareem nasceu com o nome de Lew Alcindor, em 16 de abril de 1947, na cidade de Nova York. Em 1971, seguindo o exemplo de outro ídolo negro americano, o boxeador Muhammad Ali (que antes se chamava Cassius Clay), converteu-se ao islamismo e trocou seu nome de batismo por Kareem Abdul-Jabbar, que significa "generoso servidor de Alá poderoso". Com 2,18 metros - considerado alto até para os padrões do basquete -, era uma figura inconfundível nas quadras ou nas ruas também por causa de sua cabeça raspada e por usar grossos óculos de proteção (no início da carreira, o atleta havia sofrido um ferimento no globo ocular esquerdo).
Começou na liga profissional defendendo o Milwaukee Bucks, dando para a equipe o único título da NBA de sua história, em 1971. Em 1975, Kareem transferiu-se para o Los Angeles Lakers, onde, ao lado de outra fera, Magic Johnson, dominou o basquete americano na década de 80, ganhando cinco títulos (1980, 1982, 1985, 1987 e 1988). Kareem foi escolhido seis vezes o MVP (o jogador mais valioso do campeonato) e disputou 19 All-Stars (o Jogo das Estrelas da NBA).

.
.
C=56949
.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário