Clique no PLAY para leitura automática do texto:

terça-feira, 19 de junho de 2018

Diários de Einstein revelam racismo e xenofobia desconhecidos


Diários de Einstein revelam racismo e xenofobia desconhecidos

Albert Einstein escreveu os diários entre outubro de 1922 e março de 1923

Registros pessoais do cientista mais famoso do mundo mostram a forma como ele descrevia povos e áreas que conheceu na Ásia e no Oriente Médio nos anos 1920.


"Pessoas industriosas, imundas e obtusas."

Diários de viagens recentemente publicados revelam visões racistas e xenofóbicas do físico alemão Albert Einstein, cientista mais famoso do mundo e "pai" da Teoria da Relatividade – que chegou a se engajar, contraditoriamente ou não, na luta contra o racismo que enxergava, no século 20, nos Estados Unidos.


6th October. Night trip in overfilled train after reunion with Besso2 and Chavan.3 
Lost wife4 at border. 7th Oct. Sunrise shortly before arrival in Marseille... 


Escritos entre outubro de 1922 e março de 1923, os diários registram as viagens que fez com a mulher, Elsa, por países da Ásia e do Oriente Médio, mostrando generalizações negativas que usava para descrever povos e áreas que encontraram nessas regiões, com particular crueldade quando se refere aos chineses.

"São pessoas industriosas, imundas e obtusas", escreveu sobre eles em um dos trechos.Einstein defenderia mais tarde os direitos civis nos Estados Unidos, chamando o racismo de "doença de pessoas brancas".


7. The S.S. Kitano Maru (courtesy of NYK Maritime Museum).


Esta é a primeira vez que os diários são publicados como um volume independente em inglês.

Publicado pela Princeton University Press, "The Travel Diaries of Albert Einstein: The Far East, Palestine, and Spain", 1922-1923 (Os Diários de Viagem de Albert Einstein: O Extremo Oriente, Palestina e Espanha, 1922-1923, em tradução livre) foi editado por Ze'ev Rosenkranz, diretor assistente do Projeto Einstein Papers, do Instituto de Tecnologia da Califórnia.


Princeton University Press
The Travel Diaries of Albert Einstein
Livro - O Diário de viagem de Albert Einstein


Einstein viajou da Espanha para o Oriente Médio, passando depois pelo Sri Lanka – na época chamado de Ceilão – a caminho de China e Japão.


Einstein embarcou para a viagem que registra nos diários junto com sua mulher, Elsa 


Comentários impróprios
O físico descreve a chegada a Port Said, no Egito, dizendo ter deparado com "levantinos de todas as tonalidades ...", se referindo a pessoas de uma grande área do Oriente Médio chamada Levante, "como se fossem vomitados do inferno" e entrassem em seu navio para vender mercadorias.

Também descreve seu tempo em Colombo, no Ceilão, afirmando que o povo "vive com uma grande imundície e considerável fedor no chão" e "faz pouco e precisa de pouco".

Seus comentários mais ferozes têm como alvos, porém, o povo chinês.

De acordo com uma reportagem do jornal britânico "The Guardian" sobre os diários, Einstein descreve crianças chinesas como "sem espírito e obtusas", e diz que seria "uma pena se os chineses suplantassem todas as outras raças".


Capítulo 1 grátis no site (Em Inglês)


Em outros registros, ele chama a China de "nação peculiar, com cara de rebanho" e "(com a população) mais parecida com autômatos do que com gente", antes de afirmar que há "pouca diferença" entre homens e mulheres chineses e questionar como os homens são "incapazes de se defender" da "atração fatal" feminina.

Reconhecido por seu brilhantismo científico e seu humanismo, Einstein emigrou para os EUA em 1933, após a ascensão de Adolf Hitler e do partido nazista na Alemanha.

O cientista judeu descreveu o racismo como "uma doença de brancos" em um discurso que fez em 1946 na Universidade Lincoln, na Pensilvânia.



Diários refletem mudanças de opinião
O correspondente da BBC News em Washington, Chris Buckler, observa que a Teoria da Relatividade mudou a forma de as pessoas pensarem sobre o espaço e o tempo, e que "esses diários demonstram como as próprias opiniões do cientista sobre raça parecem ter mudado ao longo dos anos".

"Os escritos podem ter sido concebidos como reflexões pessoais, privadas, mas sua publicação deve incomodar algumas correntes na América, onde ativistas ainda celebram Albert Einstein como uma das vozes que ajudaram a lançar luz sobre a questão da segregação (racial)", diz Buckler.


problem again. I find that Weyl is right that a g(uv) field, or an invariant ds independent 
of electricity, has no reality, therefore cannot be mathematically objectified either


10th Oct. This morning sailed past Stromboli on the left-hand side.
11 Clouds of steam. Magnificent in the morning sunlight.


O jornalista lembra que, quando se mudou para os EUA em 1933, o alemão foi surpreendido por escolas e cinemas separados para negros e brancos.

Posteriormente, ele se juntou à Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor, uma das mais antigas e influentes instituições americanas com o objetivo de garantir igualdade de direitos políticos, educacionais, sociais e econômicos para todos, buscando eliminar a discriminação racial no país.

Conta-se que Einstein dizia ver semelhanças entre a forma como os judeus eram perseguidos na Alemanha e como os afro-americanos estavam sendo tratados em sua nova pátria.


Balmy, intoxicating air. Steel-colored sea. Hint of Italian mainland through the fog. 
Japanese women crawling about [on deck] with children... 


Ele escolheu a Lincoln University, na Pensilvânia, uma universidade historicamente negra, para fazer um de seus discursos mais contundentes apenas um ano após o fim da Segunda Guerra Mundial.

Pesquisadores que estudam seus escritos da década de 1920 podem argumentar que suas crenças relacionadas à questão possivelmente se baseassem em seus próprios sentimentos.


"Seus diários estão repletos de reações instintivas e visões pessoais. No contexto do século 21, são pensamentos que podem manchar a reputação de um homem reverenciado quase tanto como humanitário quanto como cientista", analisa Buckler.


Ele pondera, no entanto, que tais palavras foram escritas antes que o alemão visse o que o racismo poderia provocar na América e na Alemanha – um país de onde havia efetivamente fugido.


Albert Einstein with his wife Elsa in Washington DC
Albert Einstein com sua esposa Elsa em Washington DC




Documentário (1h:30min)


Albert Einstein
Albert Einstein foi um físico e humanista alemão (14 de março 1879 -- 18 de abril 1955), autor da teoria da relatividade e de importantes estudos em ondulatória.




Leia também:

01 - O curto-circuito do orgasmo - Biologia

02 - Espada de 2300 anos é encontrada brilhando e em perfeitas condições de uso

03 - A História da Comunicação - EVOLUÇÃO

04 - Sonda Cassini faz sobrevoo arriscado em busca por sinal de vida extraterrestre

05 - Googlemania - Jogo da Palavras

06 - Genocídio Instantâneo - 50 anos de Bomba Atômica

07 - Caçadores de ganso encontram espada viking de mil anos na Islândia

08 - Paternidade a dois - HIV

09 - Lembranças apagam do cérebro memórias semelhantes

10 - Exqueci o ixqueiro na exquina da excola



COMPARTILHAR NO FACEBOOK:
http://bit.ly/29N4G84


COMPARTILHAR NO TWITTER:
http://bit.ly/29BNtyN



CHAT DO BLOG - http://bit.ly/2cWL4j4
www.publicadosbrasil.blogspot.com
Publicados Brasil no YouTube
http://bit.ly/1zIu2s4
http://num.to/6944-5525-7037


01 - 11 clássicos do MS-DOS para jogar - http://bit.ly/1P3vIVn
02 - Imagina ter 900 games de Arcade - http://bit.ly/1J25y0W
03 - Jogando NES OnLine - http://bit.ly/1M4IdTh
04 - 1.185 jogos de Mega Drive - http://bit.ly/1GSTaj2
05 - Ler Scans e Quadrinhos Digitais - Um mundo DIGITAL - http://bit.ly/2cYfdkS
06 - Poeira das Estrelas - Documentário - http://bit.ly/2eLj1ni
07 - Retrô - Relembre as caixas de videogames e jogos lançados no Brasil - http://bit.ly/2hDNdEi
08 - Cachorro-quente no espetinho - Lanche da tarde - http://bit.ly/2lwFSEJ
09 - Coleção Saiba Mais - Completa - http://bit.ly/2lBVIyO
10 - Compilação de 4226 Postagens - 16/02/2017 - http://bit.ly/2lZYwoQ
11 - Literatura Clássica Brasileira - LIVROS ONLINE - http://bit.ly/2ne9ngz
12 - As 5564 Cidades do Brasil - http://bit.ly/2mykDTg
13 - JogosRBL4 - Jogos Retro grátis no seu PC - http://bit.ly/2uLgDHd
14 - JogosRBL6 -Agora com Playstation One - http://bit.ly/2gjEatl
15 - 945 Filmes Legendados - Coleção Setembro de 2017 - http://bit.ly/2wOM0Ra
16 - Coleção 656 CD-ROM's - Outubro de 2017 - http://bit.ly/2AiD72n
17 - Playstation One Collection - 1391 Games - http://bit.ly/2FkMp3I
18 - Armazenador de Arquivo - https://bit.ly/2JdMfNF

http://bit.ly/1zIu2s4

http://num.to/6944-5525-7037



Nenhum comentário:

Postar um comentário