Clique no PLAY para leitura automática do texto:

sábado, 17 de agosto de 2013

O cereal matinal que você come até hoje era feito por canhões


O cereal matinal que você come até hoje era feito por canhões


Afinal, transformar milho em um floco fino e crocante não devia ser uma tarefa assim tão fácil...

Você provavelmente sabe que aquele cereal matinal, que você come com leite, vem do milho; mas como, afinal, um grão de milho se transforma em um floco fino e crocante? Aparentemente, se você for um bom observador, a matéria-prima não se parece muito com a versão final, não é mesmo?



O uso de canhões tem a ver com a maneira como você se alimenta hoje, já que muitos produtos encontrados em pacotinhos e prontos para comer surgiram a partir de um processo de aquecimento e pressurização em canhões, com a intenção de que esses alimentos literalmente explodissem. O que você come é, basicamente, resultado da explosão de um canhão.


Técnica

Essa técnica explosiva começou a ser aplicada em alimentos como arroz, trigo, milho, lentilhas e afins. É lógico que o processo atual não é feito com canhões, já que a tecnologia usada para a produção de alimentos é cada vez mais requintada. Mas, caso você tenha ficado curioso para saber como eram esses canhões antigos, fique tranquilo, pois um desses equipamentos, que já pertenceu à patente Kellogg, ainda existe.

Aí entra um cara chamado Dave Arnold, fundador do Museu da Comida e da Bebida, em Nova York. Ele pretende matar esse tipo de curiosidade e contar às pessoas um pouco mais a respeito da história da comida que consomem. Arnold e sua equipe reativaram o canhão que explodia milho e você pode ver o resultado no vídeo a seguir. Depois, como sempre, conte para a gente o que achou.


www.publicadosbrasil.blogspot.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário